Artrite Reumatoide: 7 mitos sobre a doença

destaque_fibromialgia_exercicios
Fibromialgia: atividade física como estratégia de tratamento
fevereiro 22, 2019
Artrite e Artrose: entenda as particularidades de cada doença
março 29, 2019
Exibir tudo

Artrite Reumatoide: 7 mitos sobre a doença

blog_destaque_7_mitos_artrite

No Brasil, estimasse que mais de 2 milhões de pessoas sofrem com a artrite reumatoide. A doença crônica ataca as articulações, provocando inchaços, rigidez e dores nas juntas. Muitas vezes, os portadores da enfermidade têm seus movimentos limitados. Devido às dores agudas, muitas atividades corriqueiras do dia a dia podem se tornar um desafio doloroso.

Muito se fala sobre a doença, mas pouco se sabe de fato. Como não é plenamente conhecida, há muitos mitos altamente propagados sobre a patologia. Neste post, revelamos 7 mitos sobre a artrite reumatoide.

1.   Artrite reumatoide é uma doença de “velho”.

MITO. Não é verdade. A artrite reumatoide pode acometer tanto homens e mulheres, especialmente na faixa dos 30 e 40 anos, mas até mesmo crianças podem desenvolver a doença. Talvez o motivo dessa afirma seja, na verdade, uma confusão de nomenclaturas. A artrose, sim, é uma doença que atinge idosos.

2.   Clima frio favorece o desenvolvimento da artrite reumatoide.

MITO. É verdade que as dores causadas pela doença podem se intensificar no frio, mas não é correto afirmar que o clima seja fator determinante para o surgimento da doença. Acontece que, no frio, há uma sensibilidade maior para dor e o paciente com artrite reumatoide sente “mais” o inchaço nas articulações. Dessa maneira, muitos acreditam que o frio acentua as dores nas juntas. Isso ocorre por causa da sensibilidade e depende do nível e controle da doença.

3.   Artrite reumatoide é uma doença exclusivamente feminina.

MITO. Embora na América Latina a proporção de pacientes diagnosticados com a doença seja de seja de 6 mulheres para cada homem, a artrite reumatoide não é uma doença exclusiva de mulheres. Há uma predominância devido a maior tendência de produção de anticorpos (o que caracteriza uma doença autoimune), mas homens também são afetados.

4.   Quem tem artrite reumatoide não deve praticar exercícios físicos.

MITO. Na verdade, pacientes com a doença devem se exercitar, se locomover normalmente. O que recomendamos é que evite exercícios físicos em momentos de crise, quando a inflamação está mais intensa. Inclusive, pacientes que têm quadro controlado da doença precisam fazer alguma atividade física para manutenção do sistema vascular.

5.   Artrite reumatoide, artrose e reumatismo é tudo a mesma coisa.

MITO. Reumatismo é uma nomenclatura genérica popularmente atribuída a qualquer doença do sistema articular musculoesquelético. A artrose é uma doença decorrente do desgaste das articulações, muito comum em idosos. A artrite reumatoide, por sua vez, é uma doença autoimune inflamatória das articulações. São termos parecidos, mas não são a mesma coisa.

6.   Pessoas com artrite reumatoide não podem comer carne de porco.

MITO. Não há nenhuma prescrição específica que proíba o consumo de carne de porco. O que se recomenda é uma alimentação saudável, o que envolve a não ingestão de comidas gordurosas (gordura trans ou saturada). Pois essas gorduras atuam no aumento das inflamações.

7.   Obesos têm mais propensão de ter artrite reumatoide.

MITO. Não é que obesos tenham mais chances de ter artrite, mas os obesos diagnosticados com a doença certamente sofrem mais por causa da sobrecarga articular.  Se a pessoa tem uma inflamação na articulação e ainda tem que um peso maior por causa da obesidade, é claro que haverá uma piora nessa articulação. Mas a obesidade em si não é um fator para o desenvolvimento da doença.

Leia também:

Dores nas articulações? pode ser artrose!

Tenho artrose, posso praticar exercícios?

4 dúvidas sobre dores nas articulações.

Dicas para controlar a artrose.