Proteja suas articulações: hábitos simples podem prevenir lesões

Artrite e Artrose: entenda as particularidades de cada doença
março 29, 2019
O que é rizartrose e por que é chamada de doença do mundo moderno?
abril 25, 2019
Exibir tudo

Proteja suas articulações: hábitos simples podem prevenir lesões

Você já deve ter ouvido a máxima de que “o corpo humano é uma máquina perfeita”. Assim como uma máquina, ou seja, um sistema que funciona a partir de diversas engrenagens, o corpo humano precisa se movimentar para não
“enferrujar”. E quando falamos em saúde articular, especificamente, quanto menos você se move, mais “travado” tende a ficar. Conheça mais sobre as articulações no seu corpo.

 

Entendendo as articulações

As articulações atuam na conexão de dois ou mais ossos do corpo. Esses ossos são separados por uma camada de cartilagem, lisa e resistente, que reveste as articulações. Nossos músculos, tendões e ligamentos auxiliam na
manutenção da estabilidade das articulações. Assim como exercícios de fortalecimento e alongamento dos músculos são fundamentais para proteção.

Quando não nos exercitamos, abalamos a saúde das cartilagens, dificultando a chegada dos nutrientes às estruturas articulares. Esse é um cenário propício para surgimento de lesões, uma vez que as articulações se tornam mais
frágeis.

Para manter a saúde das articulações, recomenda-se atividades físicas com acompanhamento profissional. Além de possuir respaldo técnico, ele poderá auxiliar desde o alongamento até o exercício mais adequado para cada
situação. Há, porém, alguns hábitos simples que podem prevenir lesões e ajudar a proteger as articulações.

 

1. Boa postura

  • Mantenha postura ereta – a boa postura protege as articulações do pescoço, costas, quadris e joelhos.
  • Quando estiver sentado, a altura correta da mesa de trabalho condiz com a altura do cotovelo formando um ângulo de 90°.
  • Ao pegar algum objeto no chão, sempre dobre os joelhos e o quadril. Se puder sentar em uma cadeira e se inclinar, melhor.

 

2. Cuide das mãos

  • Evite forçar ou torcer as articulações.
  • Procure segurar objetos com a palma da mão em vez de utilizar os dedos.
  • Tente abrir ou fechar portas e gavetas usando os braços ou punho para reduzir a tensão nos dedos.
  • Ao fazer trabalhos manuais, como a escrita, alongue os dedos a cada 15 minutos.

 

3. Movimente-se regularmente

  • Durante longas viagens, tente sair do veículo e caminhar um pouco. Alongue o corpo a cada uma hora.
  • Em qualquer tipo de viagem mais longa, seja de avião, ônibus, trem ou carro, procure caminhar de vez em quando a fim de evitar o enrijecimento.
  • Procure alongar o corpo todo pelo menos uma vez ao dia. Mova cada articulação ao máximo, em toda sua amplitude, mas sem forçar a ponto de sentir dor.
  • Mesmo quando estiver relaxado assistindo televisão, tente mudar frequentemente de posição. Faça pausas, caminhe, movimente-se.

 

4. Reduza a sobrecarga articular

  • Procure manter um ritmo constante de trabalho, de forma moderada, sem pressa.
  • Tente equilibrar atividades leves e moderadas ao longo do dia.
  • Pare e repouse antes ou assim que sentir dores/ fadiga.

 

5. Observe e respeite seu corpo

Sentir dor depois de alguma atividade física ou mesmo durante o dia a dia é algo comum, mas você precisa aprender a distinguir o que é normal do que é consequência do uso exagerado das articulações. Se a dor ou mal-estar
persistir por mais de uma hora após a atividade, talvez seja ocasião de procurar um médico.